NOTÍCIAS              
  DIGITAL CAMERA COIMAS: Não acontece só aos outros!
02/11/2022

De pouco serve advertir que “já tinhamos avisado”!
A APAMB e o seu departamento jurídico tem recebido, ao
longo dos anos, pedidos de ajuda para resposta às fiscalizações
e contra-ordenações ambientais.
Dessa experiência vamos fazendo eco das preocupações sobre
diversas obrigações ambientais, e não só, que sabemos são
descuradas (e muitas vezes desconhecidas) dos empresários.
Fazemos nesta altura novo “ponto de situação” elegendo os
principais temas que têm sido alvo de atenção, nomeadamente
pelo IGAMAOT. Entenderá assim melhor o porquê das nossas
insistências ao levar a cabo as visitas de inspeção preventiva.

Saiba como:  MAIS

  noticias_clima Misericórdias e o Clima
02/11/2022

Em artigo “Como instigar a mudança que queremos ver no clima?” a 17 de Outubro, Inês Sequeira, diretora da Casa do Impacto da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa destacou a importância e envolvimento de todos no combate às alterações climáticas:
“Além do Governo, as ONGs, as grandes empresas e a sociedade civil organizada, também possuem um papel fundamental para propor, monitorizar e
cobrar tomadas de decisões assertivas e eficientes sob o ponto de vista da resiliência climática. Para promovermos políticas públicas que promovam a
resiliência precisamos também do envolvimento dos privados e da sociedade civil, alinhados e focados nas transformações e na eficiência.  MAIS

R T F foto site RECICLAR TRAZ FUTURO Protocolo assinado com a Liga dos Bombeiros Portugueses
02/11/2022

Foi acordado com a Liga de Bombeiros, no passado dia 28 de Outubro, o protocolo de colaboração com a campanha solidária. Depois de já ter sido firmado acordo semelhante com as Misericórdias, este passo irá concretizar os propósitos pensados pela APAMB: Evitando poluir as águas pela descarga indevida no saneamento, pela recolha de óleos alimentares para reciclagem, contribuir financeiramente para ajudar Bombeiros e Misericórdias onde estão colocados ecopontos para deposição. O concelho de Setúbal e limítrofes foram o ponto de partida desejando-se estender os pontos de recolha ao resto do país. Saiba onde já pode ser solidário perto de si!